gestão de tráfego

Como Cobrar pela Gestão de Tráfego

Se você faz anúncios para Google, YouTube, Facebook, Instagram ou qualquer outra plataforma que aceita mídia paga, é essencial saber como cobrar pela gestão de tráfego.

Veja só as dicas!

O que é gestão de tráfego?

Antigamente chamada de gestão de links patrocinados, essa atividade foi introduzida no Brasil pelas agências de publicidade, que traziam um modelo que já existia nos Estados Unidos. Antes disso, as propagandas pagas eram veiculadas apenas em mídias físicas, como jornal, televisão e rádio.

Os primeiros sites que começaram a gerenciar esse tipo de publicidade foram o Google e o Yahoo — que acabaram popularizando a gestão de tráfego na internet, permitindo a inserção de banners em sites de notícias e links patrocinados nos resultados de buscas das plataformas.

A partir de 2017, por conta do crescimento do mercado de infoprodutos, o termo “gestão de tráfego pago” passou a ser mais utilizado.

Modelos de remuneração de gestão de tráfego

Antes mesmo de saber como fazer a cobrança, é importante conhecer os modelos de remuneração. São eles:

  1. fee fixo ou mensalidade;
  2. fee fixo + variável;
  3. 100% variável

Entenda melhor sobre cada um deles:

  1. Fee fixo ou mensalidade

Essa terminologia é comum para serviços contínuos e que têm sempre a mesma intensidade ou uma quantidade de escopo dividido ao longo dos meses.

Ou seja, você tem uma garantia de que aquele valor será pago todo mês, independente do resultado alcançado.

Para quem pratica marketing tradicional, esse é o ideal para os clientes. Já para lançamentos, é bom para quem tem experiência e bons resultados.

  1. Fee fixo + variável

A modalidade favorita de quem faz gestão de tráfego, pois há um valor fixo que será pago por mês, e o variável vai depender dos resultados trazidos para os clientes.

Ele é justo, pois cobre os custos da operação e ainda traz uma bonificação ao profissional caso ele atinja os bons resultados.

Esse é o que o mercado de agências tradicionais praticam e o favorito dos experientes em lançamentos.

  1. 100% variável

Mais comum na área de infoprodutos, é um modelo de alto risco, pois se você dizer o seu trabalho e não tiver nenhum resultado, não irá receber nada. Por conta disso, ele é mais interessante para o cliente, pois só há pagamento se tiver resultado.

De qualquer forma, há grandes chances de ter bom retorno, sim. Mas você deve considerar que o cliente pode te desligar a qualquer momento por achar que está pagando demais.

Não vale a pena para o mercado tradicional, mas é bom para quem trabalha com lançamentos ganhar experiência.

Quanto vale meu trabalho de gestão de tráfego?

Afinal, quanto cobrar pelo trabalho de gestão de tráfego? Bom, vai depender do modelo escolhido. Veja só algumas margens de valor:

  1. Fee fixo ou mensalidade

  • sem experiência: de R$500 a R$2000;
  • com experiência: de R$2000 até quanto você achar que vale.
  1. Fee fixo + variável

  • sem experiência: de R$500 a R$2000 + 7,5% a 10% do valor investido;
  • com experiência: de R$2000 a R$5000 + 20% do valor investido OU + 2 a 3% das vendas oriundas das ações de mídia paga.
  1. 100% variável

Em ambos os casos, do 0 ao infinito, pois depende dos resultados. Mas quem tem  mais experiência tem chances de ganhar mais porque sabe como escolher os melhores projetos. Mas, o modelo em geral é esse:

  • sem experiência: 2 a 3% das vendas oriundas das ações de mídia paga;
  • com experiência: 2 a 10% das vendas oriundas das ações de mídia paga.

É preciso ter muito cuidado para não ficar sem remuneração. Evite trabalhar de graça! Além disso, proteja-se fazendo um contrato para garantir que irá receber caso gere resultados.

Gostou das dicas de como cobrar pela gestão de tráfego? Continue lendo o blog do Agência10x para mais conteúdos como esse!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA COMO FAZER SUA AGÊNCIA DIGITAL VENDER MAIS
DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE GRATUITAMENTE