erros que as agências cometem

Os 5 Erros Que as Agências Cometem e Podem Quebrar o Negócio

Se eu pudesse voltar no tempo, eu tentaria mudar algumas coisas que poderiam ter feito o meu negócio afundar. Hoje, depois de 13 anos como empreendedor, eu descobri quais são os maiores erros que as agências cometem e que podem fazer quebrar.

É sobre isso que eu falo no vídeo de hoje!

O que faz uma agência quebrar?

Antes de tudo, você tem que saber quais são os motivos pelos quais as agências quebram. E, por agência, entende-se prestadoras de serviços como marketing digital, web design, desenvolvimento web, gestão de mídias sociais, conteúdo web, entre outros.

Os motivos pelos quais uma empresa afunda são:

  1. falta de capital de giro;
  2. falta de cliente;
  3. falta de qualidade no produto entregue.

Eu coloquei nessa ordem, especificamente, porque essa é a lógica: se você começar pelo lado técnico, vai faltar habilidades de gestão de dinheiro e de captação dos clientes. Primeiro, aprenda esses dois, beleza? Só assim você vai fazer seu negócio crescer!

Quais são os maiores erros que as agências cometem?

Agora que já sabe o porquê de uma empresa quebrar, veja só quais são os erros que as agências cometem que podem levar à falência!

1. Precificação

Fazer um preço baseado no achismo, no que viram na internet, no que um concorrente cobra. Será que essa quantia realmente é suficiente para suprir as necessidades da sua empresa, ou você está trabalhando de graça com a ilusão de estar ganhando dinheiro?

#Dica: para fazer o seu preço ideal, use a seguinte fórmula:

custo da hora do profissional + custos fixos e variáveis da empresa + impostos + margem de lucro

2. Desconto

Quem nunca teve um cliente que pediu desconto na hora de fechar? A contra-proposta nem sempre é ideal, porque a redução do valor significa que você vai tirar da sua margem de lucro — afinal, o custo do profissional, da empresa e dos impostos não vão diminuir.

Dica: para reduzir o valor, reduza o escopo, também. Caso a pessoa só possa pagar metade do ofertado, ofereça metade do serviço, também.

Mas, se realmente não for possível fazer o trabalho com aquela quantia, não tem problema recusar o cliente. O que você não pode fazer é trabalhar de graça!

3. Usar o WhatsApp

É muito prático usar o WhatsApp, né? Mas nenhuma agência deveria usar esse aplicativo de forma profissional. Alguns dos problemas são:

  • aprovações: se o seu cliente mandar um áudio de três minutos falando que aprova, mas pediu algumas alterações, é difícil formalizar o pedido;
  • histórico de conversas: é essencial salvar o que é acordado, mas o que fazer quando há vários tomadores de decisão? Lembrando que as ferramentas de gestão do WhatsApp não conseguem ler grupos;
  • enrolação: a comunicação via áudios pode ser bastante complicada, principalmente se forem longos. Além da necessidade de parar e anotar o que foi dito, o que fazer o cliente começou falando uma coisa e terminou dizendo o contrário?

Além disso, tenha cuidado com o uso de números pessoais. Primeiro porque se o colaborador sai da empresa, você perde todo o histórico. Segundo porque se ele responde mensagens fora do horário de trabalho, isso é considerado hora extra.

4. Contratar o time errado

É comum começar a contratar pelo setor técnico, para fazer algo do operacional que você já faz. E o que tem de errado? Como já foi falado lá em cima, você precisa de capital de giro. Mas se só tem gente produzindo, quem está vendendo?

Meu mantra é: primeiro vende e depois entrega. Você tem que sair do operacional, beleza?

Contrate alguém para a equipe comercial e, quando puder, alguém para atendimento e para gestão de projetos. Assim, para o operacional, caso precise, busque parceria com freelancers para entregar as demandas.

Essa é a rota do sucesso! Quando começar a crescer, contrate a equipe técnica.

5. Deixar o cliente comandar a agência

Alguns dos clássicos desse problema são:

  • receber mensagens fora do horário;
  • pedidos de desconto sempre que há negociação;
  • ameaçar sair da agência se não for feito o que pedido do jeito e no tempo que “ordenou”;
  • maltratar sua equipe.

#Dica 1: lembre-se que a empresa é sua e se o cliente não gostar, ele que vá embora.

#Dica 2: faça um contrato com regras claras para que ele não peça nada fora do escopo acordado. E comece a trabalhar apenas depois do documento estar assinado.

#Dica 3: nunca deixe o cliente faltar com respeito a sua equipe.

#Dica 4: nenhum cliente paga o suficiente para se sentir inferior. O sonho é seu, a empresa é sua

Gostou de saber os erros que as agências cometem? Continue lendo o blog do Agência10x para conhecer mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA COMO FAZER SUA AGÊNCIA DIGITAL VENDER MAIS
DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE GRATUITAMENTE

OPA! ANTES DE SAIR, UM CONVITE:
ATENÇÃO

Que tal conseguir mais clientes para sua agência digital, criar uma rotina de crescimento e garantir a lucratividade dos seus projetos? Esses são os temas do Workshop Agência10x, que acontece nos dias 22, 23 e 24 de Junho, on-line e ao vivo, com Fabio Ricotta.

INSCREVA-SE E RECEBA ACESSO GRATUITO ÀS AULAS E AOS BÔNUS!

WORKSHOP AGÊNCIA10X
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
INSCRIÇÕES ABERTAS
Inscrições abertas para o

Vem aí um Workshop exclusivo para Agências Digitais que querem chegar ao próximo nível de faturamento. Inédito e AO VIVO, nos dias 22, 23 e 24 de Junho, com Fabio Ricotta.

INSCREVA-SE E RECEBA ACESSO GRATUITO ÀS AULAS E AOS BÔNUS!