Dar ou Não Dar Desconto?

Dar ou Não Dar Desconto?

Dar ou não dar desconto? Esse dilema já passou pela sua cabeça ao negociar um serviço ou produto com algum cliente? Para saber como agir nessa situação, preparei esse conteúdo para você. Confira!

E aí, será que você deve dar desconto?

Pedir desconto é algo muito comum aqui no Brasil. Porém, ceder esse abatimento ou oferecer uma cortesia pode fazer muita diferença na lucratividade e no faturamento do seu negócio. Mesmo que seja algo de pequeno valor, caso isso vire uma rotina ou caso você ofereça para vários clientes, isso pode causar um grande impacto no seu lucro.

Mas, como fazer então para fugir do desconto?

Para não dar desconto, crie valor

Em um de seus vídeos, Erico Rocha, do Fórmula de Lançamento, faz uma observação muito pertinente sobre o assunto:

“O empreendedor ou empresário que tem que dar desconto é aquele que não criou o valor necessário para fazer com que o cliente perceba que o valor cobrado é o justo pelo serviço ou produto que está sendo ofertado.”

Por isso, preciso dizer que é essencial que você saiba valorizar os diferenciais daquilo que está oferecendo. Pois são esses fatores que te credenciam para cobrar um determinado valor, eles embasam sua decisão de preço.

Quando um cliente procura o seu produto ou serviço, ele está atrás da solução para um problema dele, correto? Logo, é preciso deixar claro que se você der um desconto, isso pode interferir na solução desejada. Afinal, se você tiver que adaptar um projeto para chegar ao preço desejado, não tem como garantir o resultado esperado.

Lembre-se de que o preço também está ligado ao valor do seu produto ou serviço, à qualidade.

Pedir desconto é cultural. Como mudar isso?

Em algumas culturas, o ato de pedir desconto pode até mesmo ser considerado uma ofensa e é visto como uma desvalorização do trabalho. Contudo, como já te contei, essa é uma questão cultural em nosso país. Isso acontece, em parte, porque algumas empresas ou profissionais jogam o valor dos produtos/serviços nas alturas para ter uma margem para negociar.

A partir do momento em que você cobra o valor justo, de acordo com os seus diferenciais e com o resultado que você pode oferecer, não há porque dar desconto.

Coloque isso na sua cabeça: se o cliente quiser desconto, ele pode procurar o seu concorrente, mas se ele quer ter resultado, ele terá com você!

Para isso, você precisa começar a mostrar o valor dos seus serviços. Como? Apresentando cases, criando metas tangíveis, colhendo depoimentos de clientes satisfeitos e tendo um planejamento claro e coerente.

Gostou de saber mais sobre este tema? Temos muitos outros conteúdos interessantes para impulsionar sua agência aqui no blog da Agência10x!

Aproveite e confira se o seu preço é o preço certo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA COMO FAZER SUA AGÊNCIA DIGITAL VENDER MAIS
DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE GRATUITAMENTE

Nosso evento presencial para donos de agências está chegando!

Garanta seu lugar e aprenda a vender mais e fazer sua operação funcionar sem depender de você.

Quer saber mais? Fale o time!