Quais KPIs Usar Nos Projetos De Clientes Na Sua Agência?

Quais KPIs Usar Nos Projetos De Clientes Na Sua Agência?

KPI é a sigla para Key Performance Indicator, ou, em português, indicador-chave de desempenho. Os KPIs são utilizados para medir a evolução de uma empresa, departamento, equipe ou indivíduo em relação aos objetivos e metas estabelecidos.

Esses indicadores são fundamentais porque permitem uma avaliação objetiva e quantitativa, o que ajuda a identificar áreas de melhoria, a monitorar progressos ao longo do tempo e a tomar decisões informadas e baseadas em dados. Além disso, eles ajudam a estabelecer prioridades e a definir estratégias para alcançar as metas estabelecidas. 

Para que eles façam sentido, no entanto, é preciso escolhê-los bem — afinal, qual é a lógica de se esforçar para atingir um KPI que não esteja alinhado aos reais objetivos do negócio? Nenhuma!

No artigo de hoje, conversamos sobre quais são os melhores KPIs para projetos de agências digitais. Leia para entender como acompanhar o desenho e entregar mais resultados para os seus clientes. 

A importância dos KPIs

Como foi dito na introdução do texto, os KPIs são importantes porque permitem uma avaliação de resultados objetiva. Mostrar aos clientes quais são os indicadores-chave do desempenho de seus projetos significa entregar as informações realmente relevantes, sem encher os relatórios e apresentações de números e dados desnecessários.

Relatórios muito extensos e complexos, muitas vezes, não dizem nada e só confundem mais o receptor, que pode não entender quais são os pontos principais. Com base nos KPIs, é necessário saber, também, que momentos e clientes diferentes demandam análises distintas e relatórios específicos. 

Entendendo a divisão de relatórios

Idealmente, os relatórios para agências digitais devem ser estruturados de acordo com as seguintes questões:

  • nível dos envolvidos: são pessoas técnicas ou executivas?
  • momento da relação: revisões periódicas são diferentes de revisões trimestrais e do período de renovação;
  • tipo de canal de atuação: gestão de tráfego, conteúdo, inbound, por exemplo..

Aqui na Agência Mestre, os relatórios são divididos assim:

Relatório de visão de desempenho

O relatório de visão de desempenho acontece com alta regularidade, seja mensal, quinzenal ou semanal, dependendo do cliente. Apesar de ser totalmente técnico, ele precisa trazer, no início, uma visão executiva, porque os tomadores de decisão podem estar presentes nas reuniões ou, mesmo que isso não aconteça, muito provavelmente a equipe técnica enviará para eles o documento do relatório.

Ele deve conter:

  • um resumo dos indicadores macro do projeto, como vendas e ROAS;
  • a transição do executivo para o técnico;
  • o detalhamento por canal.

Os principais KPIs que devem ser apresentados nesse tipo de relatório são:

  • quantidade de cliques;
  • criativos que melhor performaram;
  • melhores públicos;
  • páginas que geraram mais leads/vendas;
  • e-mails que geraram mais leads/cliques;vendas.

Relatório trimestral de sucesso

Como o próprio nome já deixa claro, esse relatório deve ser apresentado ao cliente a cada três meses e trazer um resumo dos últimos 90 dias de projeto, focando em como ele evoluiu no alcance dos objetivos. Esse documento já deve ter uma visão intermediária entre técnica e executiva, e conter:

  • uma visão executiva das vitórias dos últimos 90 dias, sempre focando no dinheiro gerado;
  • o detalhamento por canal;
  • o resumo das principais iniciativas entregues;
  • previsões para os próximos 90 dias.

Relatório de renovação

Esse relatório deve ser apresentado pouco antes do cliente completar 1 ano de projeto, e é destinado aos tomadores de decisão, a quem cabe optar pela renovação ou pela descontinuidade do contrato. O documento deve conter:

  • uma visão macro das vitórias do projeto, ligadas ao dinheiro gerado;
  • o total de dinheiro gerado com o dinheiro pago para a agência;
  • a transição do executivo para o técnico, trazendo os dados mais importantes como cliques, custo e ROAS;
  • o detalhamento por canal;
  • a apresentação da nova sugestão de escopo, para o próximo contrato, definindo também uma nova rota.

A rota é sempre pautada pelo momento em que o cliente se encontra e os resultados que ele deseja alcançar, que devem ser os objetivos principais do projeto.

Quer entender mais sobre o assunto? Então não deixe de conferir o vídeo novo lá no meu canal, sobre os KPIs que você deve usar nos seus projetos em agências digitais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA COMO FAZER SUA AGÊNCIA DIGITAL VENDER MAIS
DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE GRATUITAMENTE

Nosso evento presencial para donos de agências está chegando!

Garanta seu lugar e aprenda a vender mais e fazer sua operação funcionar sem depender de você.

Quer saber mais? Fale o time!