Como Definir o SALÁRIO do Dono da Agência

Como Definir o Salário do Dono da Agência

Todo novo empresário pensa: “Como eu vou fechar um salário?” Não adianta colocar o dedo para cima e decidir a favor ou contra o vento, certo?

O salário do dono é algo muito importante para uma agência digital, e neste artigo eu vou te explicar o porquê e ajudar a definir o seu. Confira!

Não misture finanças pessoais com as da empresa

Essa é a regra de ouro, mas também é o maior erro de todo dono de empresa, mesmo as que estão no mercado há muitos anos.

Não dá para “tirar milzinho” do bolso, investir na empresa, depois compensar e tal. A conta jurídica é uma e a pessoal outra, completamente diferente.

Esse negócio de ficar fazendo transação ao longo do dia, mexe pra lá, devolve pra cá… Isso só vai te dar problema, tanto contábil quanto de organização do dinheiro.

Eu sei disso porque já aconteceu comigo. No começo eu fazia muito isso. Colocava o dinheiro pessoal na agência e depois eu tinha dificuldade de tirar, porque eu não sabia o quanto eu tinha colocado para ajudar, e às vezes isso não vinha de volta, eu não era reembolsado, enfim…

Um exemplo simples é: você vai lá e coloca seu cartão pessoal no Facebook porque o seu empresarial tem um limite muito baixo. Aí você esquece de pagar e, cara, vira uma zona.

Então, primeira regra: dinheiro pessoal é dinheiro pessoal, e da empresa é da empresa. Parece óbvio, mas cara, tem gente que provavelmente faz isso e está lendo este artigo.

Como organizar o seu salário de dono?

Como você pode receber da agência? Existem dois modelos tradicionais, e eu vou falar sobre eles agora:

Pró-labore

A definição exata de pró-labore é “sobre o trabalho”. Ou seja, você está recebendo uma remuneração sobre o seu trabalho.

É diferente de um salário CLT tradicional, já que ele tem incidência de impostos diferentes dependendo de como você trabalha na empresa (fale com seu contador!).

Normalmente o salário do dono é atribuído por meio dele, com um valor fixado com seus sócios, ou você mesmo, e está registrado no contrato social e, depois, na Junta Comercial.

Pró-labore não tem 13º ou férias em cima, por exemplo. A condição é diferente

Divisão de lucro

É normal confundir o lucro com o fluxo de caixa positivo. Para que um lucro entre aqui, ele precisa ser constatado contabilmente. Se não tiver lucro nos números certinhos da contabilidade, NF, despesas, etc… Você não vai conseguir passar o dinheiro para a conta do sócio.

Isso pode dar problemas até com a Receita Federal, na hora da declaração, e afetar a sua gestão financeira. Não vão entender como a empresa pode ter dividido lucro sem ter tido lucro, e daí isso vira um adiantamento de lucro, e você pode ter multas, problemas com impostos e tudo o mais.

Então, o lucro não é o fluxo de caixa. Não é porque entrou 50 mil e saiu 30 mil que você teve lucro, entendeu? Precisa olhar na contabilidade as entradas, para ver se esse número bate. Na maioria das vezes não, porque algumas notas, por exemplo, você pode receber daqui 30 dias, e os impostos entram depois.

Definindo o salário

Qual deveria ser o seu salário? Se você está começando agora, leve em conta:

1. Custos pessoais

Quanto você precisa para manter seu padrão de vida? Pense no aluguel, nas despesas, nos cursos. Some esse valor e ponha 10 ou 20% a mais. Seu salário precisa, pelo menos, cumprir seus custos pessoais.

Faça uma média anual e distribua ao longo do tempo, assim você pode cobrir também os gastos flutuantes.

2. Média de mercado

Entre em sites de emprego e procure o salário de executivos, gestores, gerentes e outros do seu segmento. Com base nisso, você tem um bom benchmark.

Olhe para sua agência e veja se ela pode pagar isso. Desejar não é poder! Se o seu custo pessoal é alto e você quer viver só da agência, ela precisa poder pagar. Se não puder, você precisará viver de reserva.

Eu, quando abri a Mestre, passei dois anos sem receber salário. Só vivi de reserva e a outra parte do trabalho que eu tinha, no projeto do meu sócio, mas eu percebi que eu precisava realmente tirar um salário, e vou falar o porquê mais para frente.

3. “Maior salário” x 2

Pense assim: como dono de agência, você pode não ganhar nada, mas tem certeza de que consegue fazer o trabalho de duas pessoas da sua agência.

No início eu pensava assim, e a lógica é válida, e básica para você chegar em um valor que você possa olhar e seja a melhor remuneração da agência, já que você é CEO.

Outras possibilidades de pagamento

Hoje eu já trabalho com “pacotes” diferentes para me remunerar. Aqui na Mestre o meu modelo é 100% pró-labore + um variável. Eu recomendo, inclusive, que você faça isso depois do primeiro ano de negócio.

Esse “variável” pode ser uma divisão de lucro anual, semestral ou trimestral. A grande sacada, aí, é não dividir totalmente o lucro entre os sócios. Você precisa reinvestir na empresa!

Dividir 30% do lucro é um bom modelo, assim você pode utilizar 70% para reinvestir em seu negócio.

Uma outra ideia é, para evitar problemas, compensar o prejuízo no mês seguinte. Imagine que você teve prejuízo de uns 20 mil reais nesse mês, no próximo, ao aferir a divisão de lucro, vale descontar esses 20 mil. Assim, você garante que vai estar tudo certo e não empurra tudo com a barriga.

Por que é tão importante pagar o salário do dono da agência?

É importante começar a tirar um salário para ter satisfação na hora de trabalhar em sua empresa, senão você vai achar que aquilo não vale a pena. Ou seja: é muito importante para a motivação, para ser um dono de agência mais feliz.

Além disso, a empresa precisa, realmente, remunerar todos os trabalhadores. Pagar o salário do dono é tão ou mais importante quanto, sei lá, esvaziar os cestos de lixo, de verdade. Se ele não estiver motivado e afim de trabalhar, de reger a “orquestra dele”, a agência vai quebrar.

Gostou dessa dica? Ela veio de uma pergunta feita lá na minha mentoria, que quem participa do Agência10x, meu treinamento para donos de agência, pode fazer parte. É um bate papo para tirar dúvida da galera, o pessoal é super engajado e todo mundo contribui!

Conheça mais sobre ele e leia outros artigos aqui no blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA COMO FAZER SUA AGÊNCIA DIGITAL VENDER MAIS
DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE GRATUITAMENTE

CURSO AGÊNCIA10X:
VAGAS ABERTAS
POR TEMPO LIMITADO

Como anda a gestão e as vendas da sua agência digital? Você quer seguir do jeito atual e ficar estagnado/a ou prefere atingir um faturamento mais alto, com lucro de verdade? 

Aproveite que novas vagas foram liberadas para o Agência10x e conheça mais sobre esse curso que vai te levar a outro nível.