Como Fazer SEO Para Agências Digitais

Como Fazer SEO Para Agências Digitais — A Importância e Um Guia Prático

Se você acha que SEO é coisa do passado, está na hora de rever seus conceitos. É verdade que a internet mudou muito nos últimos anos e, junto com isso, tornou-se necessário alterar a forma de fazer marketing digital — mas isso não quer dizer que a importância do SEO está ultrapassada, muito pelo contrário.

Otimizar o seu site para aparecer entre os principais resultados dos buscadores continua sendo essencial, afinal, anda cada vez mais difícil conseguir chamar a atenção em meio à infinidade de estímulos (e concorrentes) disponíveis nas redes. 

Leia esse artigo para entender:

  • a importância do SEO para agências digitais;
  • um guia prático para fazer SEO para sua própria agência. 

Entenda a importância do SEO para agências digitais

Infelizmente, tem muito dono de agência hoje em dia dizendo que as estratégias de SEO não trazem mais resultado. Pela minha experiência no mercado eu posso afirmar, no entanto, que SEO bem feito continua sendo um elemento fundamental para aumentar as oportunidades de vendas para o seu negócio.

Otimizar o seu site para que ele apareça entre as primeiras opções nos buscadores para as palavras-chaves relevantes para o seu público é essencial para alcançar os possíveis clientes. Embora as estratégias de tráfego pago sejam importantes, o tráfego orgânico continua sendo um grande aliado, especialmente a médio e longo prazo, e o SEO é peça-chave para essa estratégia. 

Além disso, se você oferece serviço de SEO na sua agência, o seu próprio SEO é uma grande vitrine dos resultados do seu trabalho.

Como fazer SEO para sua própria agência digital: um guia prático

Agora que você já entendeu a importância do SEO para agências digitais, confira dicas práticas de como desenvolvê-lo para sua própria empresa e alcançar bons resultados:

Erros que você não pode cometer

O primeiro passo deste guia é uma lista de erros que você não deve cometer ao trabalhar no SEO de sua própria agência digital. São eles:

Não ter um planejamento

A falta de planejamento é um erro básico de qualquer ação de marketing. Sem um plano claro e metas definidas do que você precisa alcançar, o trabalho será realizado de forma descoordenada e passará longe de atingir seu maior potencial. 

Não se atualizar

A internet é um organismo vivo que está em constante mudança e, por isso, as estratégias também devem ser constantemente atualizadas para atender às novas demandas dos algoritmos. Acreditar que uma boa prática de SEO está “escrita em pedra” e nunca vai evoluir é uma receita para o fracasso.

Focar em métricas de “vaidade”

Na hora de traçar as metas que você deseja alcançar com o SEO, é importante entender o que realmente importa. Eu costumo chamar de “métricas de vaidade” essas que não tem muito efeito prático, por exemplo: aumentar muito o tráfego orgânico total do site.

Será que isso é mesmo importante? Compare essa realidade com a de uma loja física: é melhor que entrem 100 pessoas ali, sem intenção de comprar, ou 10 com verdadeira intenção de compra?

Com essa analogia dá para entender rápido que o objetivo deve ser focar em atrair o público correto e não apenas em atrair números.

Vai por mim: aumentar o tráfego do seu site em 10% de público qualificado faz muito mais sentido do que aumentar 100% de usuários sem o menor perfil e interesse de contratação dos seus serviços de marketing digital.

Conteúdo sem qualidade

Um dos pilares do tráfego orgânico é aumentar a legitimidade da sua marca, ou seja, a confiança de seu público em você. Por isso, encher o seu site de conteúdo de baixa qualidade não vai trazer os resultados esperados e, pelo contrário, manchar a reputação da sua agência frente aos possíveis clientes.

Usar o “jeitinho”

Pra tudo na vida existe o jeito certo de fazer e o “jeitinho”, aquele que tem cara de atalho e promessa de resultados superiores — mas será que é isso mesmo? 

Existem determinadas estratégias, rotuladas como Black Hat SEO, que visam enganar os algoritmos de maneira nada ética para tentar conseguir resultados de forma mais rápida e expressiva. Você não deve correr esse risco, porque não vale a pena. A penalidade pode ser muito pesada e destruir a reputação da sua agência.

O que não pode faltar na hora de fazer SEO para agências digitais

Depois de aprender o que não fazer, veja uma lista de fatores essenciais que devem ser abordados na sua estratégia de SEO para agências digitais:

Mobile first

A expressão mobile first quer dizer “celular primeiro”. Isso significa se alinhar às tendências atuais de que as pessoas utilizam muito mais o seu smartphone no dia a dia para acessar a internet do que computador e, portanto, o melhor a se fazer é garantir que o seu site seja plenamente responsivo e funcional nos celulares dos usuários. 

Foi-se a época em que um site era todo estruturado para ser aberto no computador e, então, “levemente adaptado” para funcionar no celular. 

Atenção à experiência do usuário

O consumidor, de maneira geral, e o usuário da internet estão cada vez mais exigentes em termos de experiência e usabilidade do site. Portanto, uma das suas prioridades com o site da agência deve ser passar a segurança necessária de navegação, bem como ser intuitivo e fácil de explorar. 

Velocidade da página

A velocidade de carregamento do seu site faz parte da experiência do usuário, mas é tão importante que merece um tópico só dela. A concorrência por atenção na internet é cada vez mais feroz e se o seu site demorar mais que alguns rápidos segundos para ser carregado, são grandes as chances de que o usuário desista dele e simplesmente pule para o próximo resultado (ou estímulo) que aparecer. 

É possível contar com ferramentas gratuitas para realizar a análise da velocidade e, a partir do resultado, verificar se é necessário aumentá-la.

Otimizações

Aqui está um checklist de pontos que precisam ser observados e otimizados na sua página para facilitar a leitura dos algoritmos e, consequentemente, o ranqueamento do site:

  • títulos bem alinhados ao conteúdo;
  • meta descrição precisa, alinhada ao tema e com as palavras mais importantes logo no início;
  • URL descritiva e que contenha a palavra-chave desejada;
  • texto alternativo nunca pode faltar para as imagens, e eles devem ser sucintos e descritivos;
  • o conteúdo deve, sempre, respeitar a hierarquia de subtítulos.

Produção de conteúdo

O conteúdo de qualidade é uma das bases da estratégia de SEO. Por isso, é fundamental ter uma agenda bem definida de produções que considerem os interesses da persona e as palavras-chave relevantes para o negócio, o público e o funil de vendas.

Gostou desse conteúdo? Então aproveite para assistir também ao vídeo que saiu lá no meu canal do YouTube sobre o assunto. Nele, eu desmistifico algumas práticas e deixo claro o que NÃO É e o que É SEO para agências digitais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA COMO FAZER SUA AGÊNCIA DIGITAL VENDER MAIS
DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE GRATUITAMENTE

Nosso evento presencial para donos de agências está chegando!

Garanta seu lugar e aprenda a vender mais e fazer sua operação funcionar sem depender de você.

Quer saber mais? Fale o time!