3 Passos Para Encontrar o Cliente Ideal

3 Passos Para Encontrar o Cliente Ideal

Olá! Hoje o objetivo é compartilhar três formas para você encontrar o cliente ideal. Aliás, essa é uma das tarefas que, talvez, quem trabalha com vendas ou, até mesmo, o dono de uma empresa fale: “É difícil conseguir cliente”. 

Na Mestre, eu também discuto bastante, com a área comercial, se os leads são qualificados ou não. Quer entender mais sobre esse assunto? Confira!

Afinal, como encontrar o cliente ideal? 

O cliente certo é aquele cara que tem interesse no seu serviço e, também, em pagar o quanto você está pede

Fora isso, eu acredito que também há uma camada secundária de comportamentos. Ou seja, a pessoa, além de de estar interessada e poder pagar pelos seus serviços, ela está bem alinhada com os valores da sua empresa.

Veja os três grandes passos para fechar grandes projetos: 

1. Defina a sua persona 

Olhando nessa visão de: poder, desejo e comportamento, eu entendo que a premissa básica é você definir muito bem a sua persona. Mas como?

É importante você saber os dados do seu cliente ideal: idade, gênero, onde mora, etc. Tudo isso você encontra no Google Analytics, Facebook Insights, SimilarWeb. 

O segundo passo é você entender quais são as reais necessidades e comportamentos dessa persona. Para isso, dá para usar um mapa da empatia, que serve para  entender o gosto do nosso cliente, em que ele se inspira, qual é a real necessidade, as dores e o que ele espera de você. 

Uma vez que você tem isso bem mapeado, então, dá para encontrar o cliente ideal, por exemplo: aquele cara que quer fazer um trabalho de marketing, porque tem dificuldade em vender no commerce dele.  Além disso, que provavelmente, já usou o trabalho de alguma agência digital e, agora, possui entre 10 a 15 mil reais por mês para investir. 

É um cliente muito bem definido, percebe?

2. Faça a jornada de compra

A tarefa de “como chegar no cliente certo” é justamente chamada de jornada de compra. Você precisa conectar a dor da persona ao seu serviço. 

Um exemplo simples: eu, como agência digital, fui pro RD Summit, lá existem várias pessoas que se encaixam na minha persona. Mas, o que falta para alcançá-las? Faltava um stand e uma palestra. 

Ou seja, por meio dessas ações, consegui apresentar o meu trabalho e atrair as pessoas para o meu stand. Essa foi a jornada de compra do mundo offline. Mas é claro que também dá para encontrar o cliente ideal nos meios digitais. 

3. Aquisição de clientes 

Depois de desenhar a persona e a jornada de compra, já dá para fazer a grande sacada é que atrair as pessoas certas. Assim, você consegue evitar um dos maiores erros das agências digitais: não querer entender o consumidor e as etapas de compra. 

Ao mesmo tempo, também é muito importante você fazer ofertas que não sejam agressivas. Ou seja, induzir a pessoa a conhecer a sua marca, deixar claro que o seu produto é o ideal e, então, induzir a compra. 

O funil vale para tudo: SEO, inbound marketing, campanhas de mídia, criação de conteúdo, entre outros serviços de marketing digital

Beleza? 

Espero que eu tenha dado mais clareza sobre como encontrar o cliente ideal. Aqui no blog do Agência10x, você encontra mais conteúdos sobre empreendedorismo e gestão de agências digitais. Aproveite!

Um abraço e até a próxima! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA COMO FAZER SUA AGÊNCIA DIGITAL VENDER MAIS
DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE GRATUITAMENTE

Nosso evento presencial para donos de agências está chegando!

Garanta seu lugar e aprenda a vender mais e fazer sua operação funcionar sem depender de você.

Quer saber mais? Fale o time!